AEAP - Inicial | Portal
AEAP/PI - Associação dos Aposentados da Caixa Econômica Federal
APOSENTADOS - Solução imediata para pendência referente ao PMPP
Presidenta da Caixa determina providências para efetivação de acordo firmado no ano passado

A Fenae e a Fenacef obtiveram da Caixa, em 20 de junho, o compromisso de solução imediata para a pendência relacionada ao Plano de Melhoria de Proventos e Pensões (PMPP).
Em reunião com os presidentes das entidades associativas, José Carlos Alonso (Fenae) e Décio Carvalho (Fenacef), a presidenta da Caixa, Maria Fernanda Ramos Coelho, determinou providências para a efetivação do acordo que restabelece o pagamento pela Caixa da complementação denominada PMPP. A determinação foi repassada ao consultor Marcelo Terrazas, também presente à reunião.
O acordo Caixa/Funcef foi finalizado no primeiro semestre de 2006, com a participação de assessores diretos do presidente Lula.

Auxílio-alimentação
A presidenta da Caixa comprometeuse também a estudar medidas administrativas
para o pagamento do auxílio-alimentação a todos os aposentados até janeiro de 1995, inclusive àqueles que perderam as ações judiciais. Também estudará formas de garantir o pagamento aos dependentes no caso de falecimento do titular - hoje, o pagamento do auxílio tem sido suspenso e o dependente é obrigado a entrar com ação judicial para garantir o direito.
A concessão de auxílio-alimentação aos aposentados pós-95 será tema para as negociações permanentes entre a Caixa e as representações dos empregados e aposentados. Na mesa, estará colocada também a reivindicação de estender a cesta-alimentação a todos os aposentados, independentemente da data da aposentadoria.

Proposta para recuperação de perdas
O GT formado por representantes da Funcef e da Federação Nacional das Associações dos Aposentados e Pensionistas da Caixa (Fenacef) encaminhou em 28 de maio à presidência da fundação sua proposta de recomposição de proventos e pensões.
Para acelerar a recuperação das perdas, a medida indicada foi a ampliação do Fundo para Revisão de Benefício Saldado de 50% para 90% do que exceder a meta atuarial. Se esse índice fosse aplicado no ano de 2006, por exemplo, a revisão do benefício saldado ampliaria de 3,54% para um valor entre 6% e 7%. O documento entregue à Funcef mostra
que a defasagem do período entre setembro de 1995 a agosto de 2001 chegou a 49,15%.
A proposta do GT já foi aprovada pela Diretoria Executiva da Funcef e será submetida à apreciação do Conselho Deliberativo da fundação. O CD estava com reunião marcada para 25 de julho.

Fonte: FENAE

Compartilhe:
Voltar

LINKS ÚTEIS

  • APCEF/PI - Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal
  • Rua Barroso, 632/N Praça do Liceu – Centro/N
  • Teresina – Piauí CEP: 64000-130
  • TEL: (86) 3216-4412
  • TEL: (86) 3216-4400