Empregados da Caixa fazem protesto e Dia de Luta nesta quarta-feira | Portal

Notícias Fenae

16.05.2018
Empregados da Caixa fazem protesto e Dia de Luta nesta quarta-feira

Um show-protesto será realizado nesta quarta-feira, às 19h, em frente ao Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF), onde a Caixa realiza um megaevento com mais de 6 mil gerentes de todo o país. A manifestação foi convocada pelo Sindicato dos Bancários e terá a participação de outras entidades, a exemplo de diretores da Fenae.

Também nesta quarta, empregados do banco estão realizando um Dia Nacional de Luta contra o desmonte da empresa e o desrespeito aos trabalhadores. Entre as medidas tomadas pelo governo e pela direção da Caixa, a redução do quadro de pessoal, reestruturação de áreas, verticalização e descomissionamentos arbitrários. Mais recentemente, a informação de que 100 agências devem ser fechadas.

“Um dos mais recentes golpes à Caixa, ao seu caráter 100% público e aos direitos da categoria é a nova reestruturação, chamada de Programa Eficiência, que mira na redução de despesas em R$ 2,5 bilhões até 2019. Esse será o pano de fundo dessa reunião com mais de 6 mil gestores, no qual iremos protestar. É inadmissível debater o enfraquecimento da Caixa, ainda mais num evento pago com dinheiro público”, diz o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira.

O Sindicato dos Bancários de Brasília também considera o encontro promovido pela Caixa uma afronta. O presidente da entidade, Eduardo Araújo, ressalta a contradição da reestruturação que, ao mesmo tempo em que reduz despesas com o quadro funcional, a direção do banco financia com dinheiro público um evento dessa natureza.

Dia de Luta

Neste Dia de Luta, trabalhadores e entidades representativas estão se manifestando em todo o país. Nas redes sociais, protestos estão utilizando as hashtags #CaixaRespeiteoEmprego, #DefendaACaixaVocêTambém e #NãoMeConvidaramPraEssaFestaPobre. A Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa), que assessora a Contraf-CUT, encaminhou uma Carta Aberta à direção do banco.

“Nós, empregados da Caixa, defendemos um banco 100% público, fomentador do desenvolvimento econômico e social do país, por meio de políticas públicas. Defendemos também uma Caixa que valorize seus trabalhadores, pois são eles que constroem, todos os dias, essa empresa a serviço dos brasileiros. Para isso, no entanto, respeito deve ser a palavra de ordem”, diz um trecho do texto.

Em Brasília, categoria vai protestar em frente ao Estádio Nacional Mané Garrincha, onde ocorre evento, pago com dinheiro público, para tratar de medidas que significam o desmonte do banco e o desrespeito aos bancários e bancárias
Compartilhe:
Voltar

LINKS ÚTEIS

  • APCEF/PI - Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal
  • Rua Barroso, 632/N Praça do Liceu – Centro/N
  • Teresina – Piauí CEP: 64000-130
  • TEL: (86) 3216-4412
  • TEL: (86) 3216-4400